BALÃO INTRAGÁSTRICO

O Balão Intragástrico é uma bola de silicone, extremamente resistente ao ponto de suportar o hostil ambiente estomacal por mais de 6 meses, maleável, preenchido por um conteúdo liquido (soro fisiológico e um corante chamado azul de metileno, o que confere sua cor azul), projetado para ser inflado dentro da câmara gástrica, através de uma simples endoscopia, em questão de minutos, portanto, não é uma cirurgia.

 

É perfeitamente praticado em caráter ambulatorial, ou seja, sem necessidade de internação hospitalar, tanto sua colocação como sua retirada, a critério médico.

O principal efeito do balão vem da alteração da saciedade sentido pelo seu portador durante sua estadia, e pelas alterações hormonais e neurais provocadas pela sua presença, especialmente nos três primeiros meses, onde mais de 70 % do seu efeito ocorre. A partir daí o efeito mecânico, ou seja, a obstrução espacial começa a ser mais importante do que os outros efeitos.

Tipos de Balão Intragástrico

Existem vários balões diferentes. No entanto, são comercializados no Brasil apenas alguns. Já existe um balão que é duplo balão, outro que se engole como se fosse um comprimido. Existem balões que tem o conteúdo de liquido e também que são preenchidos com ar, esse quase não usado no Brasil.

Dentre os de líquido, temos um balão regular que permanece por 6 meses no estômago, e temos um balão ajustável que pode permanecer por 1 ano e ser ajustado conforme a necessidade. Há também um balão que chegará no Brasil em breve, que pode ficar 1 ano mas não é ajustável. Então, de acordo com o caso ou perfil do paciente se escolhe o melhor balão para o tratamento.

Vantagens do Balão Intragástrico

Por ser uma técnica endoscópica as principais vantagens são:

Feito em caráter ambulatorial, sem necessidade de internação hospitalar

  • Não é cirúrgico, portanto uma técnica conservadora, sem mutilação de órgãos para que tenha o seu efeito

  • É transitório e completamente reversível. O tratamento pode ser interrompido a qualquer momento se for desejo do paciente ou se o caso assim pedir

  • É repetível. Diferentemente da cirurgia, esse tratamento pode ser realizado mais de uma vez, quantas vezes for necessário

  • Tem uma perda média no Brasil em torno de 20% do peso total da pessoa

  • É considerado um tratamento de baixíssimo risco de complicações e morte, ou seja, bem seguro se respeitado as condições clinicas do paciente

Fonte: Minha Vida

Faça o agendamento online. É fácil, rápido e seguro.